• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

    • Aviso convenio julho
    • banner protocolo
    • Banner audin
    • abaixo assinado trabalho escravo

    Oficina do MPT na Escola é ministrada em Campinas

    mpinas – Nessa quinta-feira (06), o Ministério Público do Trabalho ministrou em Campinas a oficina de formação para educadores do projeto “MPT na Escola”, com a participação de representantes dos órgãos de ensino dos municípios de Americana, Atibaia, Indaiatuba, Limeira, Mogi Guaçu, Santa Bárbara D´Oeste e Sumaré.

    Imprimir

    MPT processa International Paper em R$ 10 milhões

    Araraquara - O Ministério Público do Trabalho ingressou com ação civil pública contra a International Paper do Brasil Ltda., uma das maiores fabricantes de papel e celulose do mundo, pedindo que a empresa fiscalize a sua cadeia produtiva de transportes para garantir que as prestadoras de serviços contratadas por ela cumpram integralmente a lei trabalhista. O MPT pede a condenação da multinacional ao pagamento de R$ 10 milhões por danos morais causados à coletividade.

    Imprimir

    MPT garante a segurança de lutadores de MMA no interior de SP

    Bauru - Os realizadores dos eventos de MMA (Mixed Martial Arts) Demolidor Fight e Brasileirão Fight, respectivamente, Jeferson Rogério Pavanelo e Welinton Fernandes, assinaram Termo de Ajuste de Conduta perante o Ministério Público do Trabalho em Bauru, pelo qual se comprometem a garantir a saúde e a segurança dos lutadores em eventos realizados por eles.

    Imprimir

    Cutrale é condenada em R$ 1 milhão por falta de medidas contra incêndios

    Sorocaba - A Vara do Trabalho de Capão Bonito condenou a Sucocitrico Cutrale Ltda., umas das maiores produtoras de suco de laranja do mundo, ao pagamento de R$ 1 milhão por danos morais coletivos. A sentença também obriga a empresa a fazer a renovação e manutenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), mantendo as condições ambientais que asseguraram a sua emissão, sob pena de multa diária de R$ 5 mil. Caso a irregularidade persista por mais de 30 dias, o local de trabalho será interditado. A ação é do Ministério Público do Trabalho em Sorocaba.

    Imprimir

    Liminares obrigam usina a adotar medidas de saúde e segurança do trabalho

    São José do Rio Preto - A Justiça do Trabalho de Andradina, por meio do seu Posto Avançado em Pereira Barreto, proferiu duas liminares contra a Usina Vale do Paraná, pertencente ao grupo espanhol Pantaleon, com base no município de Suzanápolis (SP). As decisões, que impõem obrigações relativas à saúde e segurança do trabalho, atingem o braço agrícola (Vale do Paraná Agrícola Ltda.) e industrial da empresa (Vale do Paraná S/A – Álcool e Açúcar). As ações têm como autor o Ministério Público do Trabalho em São José do Rio Preto.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos