• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

    • banner odonto
    • banner novembro azul
    • Banner Site 11 10
    • Aviso de Desfazimento 2017
    • Aviso convenio julho2
    • banner protocolo
    • Banner audin
    • abaixo assinado trabalho escravo

    Usina de Votuporanga é condenada em R$ 500 mil por falta de pausas térmicas

    Brasília - O Tribunal Superior do Trabalho confirmou a condenação da Usina Guariroba, de Votuporanga (SP), ao pagamento de indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 500 mil por expor cortadores de cana-de-açúcar ao calor excessivo sem a concessão de pausas para descanso térmico. Com a decisão, o processo transitou em julgado, entrando na fase de liquidação de sentença. A ação tem como autor o Ministério Público do Trabalho em São José do Rio Preto.

    Imprimir

    Correios é condenado em R$ 5 milhões por conduta antissindical

    Campinas - A 8ª Vara do Trabalho de Campinas atendeu aos pedidos do Ministério Público do Trabalho e condenou a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) ao pagamento de R$ 5 milhões, a título de dano moral coletivo, pelo cometimento de atos antissindicais, com reversão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). A decisão é válida para as unidades da ré situadas nas cidades atendidas pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Campinas (SINTECT-CAS). Cabe recurso ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.    

    Imprimir

    Entidades ligadas à cadeia do amianto são condenadas em ação do MPT

    Campinas – A 6ª Vara do Trabalho de Campinas condenou dezessete entidades patronais e de representação de trabalhadores da indústria do amianto, determinando que os réus não pactuem cláusulas em acordos coletivos que invadam a atribuição do Estado nas áreas de Fiscalização do Trabalho, Previdência Social e Vigilância Sanitária. A sentença também proíbe que sindicatos de trabalhadores recebam ajuda financeira dos entes patronais. A multa por descumprimento de qualquer obrigação é de R$ 1 milhão por infração. Cabe recurso ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região. A ação é do Ministério Público do Trabalho.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos